Qual dev nunca proferiu as sabias palavras “ahh, mas na minha maquina funciona.”, pois o docker veio para tentar diminuir isso. Meu objetivo não é falar sobre o baixo nível do docker, ou suas historias(vc pode ler aqui), mas sim mostrar como o docker funciona, e como ele é fod* para todos.

O que é docker?

Bom, docker é uma ferramenta open source que facilita(e muito) o deploy de aplicações, onde tudo que voceêaltera nos containers se “perde”, apos matar o mesmo. Caso queira se aprofundar, tem um tutorial bem interessante no site da redHat.

dockerxVms

Primeiros Passos

O docker trabalha com conteiners, que é uma especie de virtualização do SO, onde nele você faz as alterações, teste entre outras coisas, e nada é alterado no seu SO.

instalação

Abra o terminal do seu linux(estou usando o debian), e digite os seguintes comando.

$ curl -fsSL get.docker.com | sh

Após feita a instalação verifique a versão do docker.

Docker

Bom, até aqui tudo facilzinho, vc instalou o docker e verificou sua versão, pois agora vamos rodas um “Hello-world”(sim, no docker tambem tem um hello world). Digite ai no seu console:

$ docker run hello-world

Se tudo ocorreu como planejado, ira aparecer uma mensagem de boas vindas do docker. Explicando um pouco o comando digitado, o run executa um novo container com base na imagem passada(no nosso caso foi o hello-world). Veja o como pode ser usado o docker run:

$ docker run [PARAMETROS] IMAGE [CMD] [ARG]
  • parametros: aqui você pode colocar opções como nome, porta, volume, ip, hostname, entre outras do container(veja mais aqui). Aqui vai alguns exemplos básicos de como usar:
    $ sudo docker run -it ubuntu
    

    Após voce dar um enter, a imagem do ubuntu existente no docker hub sera baixa para seu computador, as opções -i, faz com q seja usado o modo interativo(mantem o modo STDIN aberto) e o -t

  • cmd: aqui vcs podem colocar alguns comandos para ser executado no docker, como por exemplo:
    $ sudo docker run -it debian bash
    

    sera executado o bash do debian em modo interativo.

Algumas dicas

O docker tem inumeros comandos, e pretendo no proximo post fazer um mais avançado sobre o “docker run”, mas aqui segue algumas outras dicas que podem ser bem uteis.

$ docker ps
Listas todos os containes em execução.

$ docker images
Mostra todas as imagens que voce tem no seu computados.

$ docker ps -a
Lista os containes.

$ dpcker rmi <imagemId>
Remove a imagem

$ docker rm <containerId> Remove o container

Espero que tenha ajudado a torna a vida de todos mais fácil.